Anuncio
Vítima de Covid-19

Morre o cantor Fabrício Asriel, ex Mano Crispin, por complicações da covid-19

O cantor de 42 anos não tinha comorbidades. Fabrício deixa 3 filhas e um legado no cenário do pop rock teresinense.

11/03/2021 11h46
Por: Edição Paula Andréas
Fonte: Cidade Verde
73

O cantor Fabrício Asriel, que integrou por anos a banda Mano Crispin, morreu no início da tarde desta quarta-feira (10) vítima da covid-19. Ele estava internado desde o dia 3 de março no Hospital Natan Portela com 90% dos pulmões comprometidos. 

Cidadeverde.com apurou que cantor de 42 anos não tinha comorbidades. Fabrício deixa 3 filhas e um legado no cenário do pop rock teresinense. 

A banda Mano Crispim nasceu em 1998 e de lá para cá ganhou destaque na música piauiense e do Nordeste.

Após o fim do grupo, Fabrício  passou pela Radiola de Ruah e atuamente comandava o grupo Sample Vox. Durante o carnaval era vocalista da banda Babydoll de Nylon.

A Mano Crispin abriu shows de bandas de rock nacionais como Jota Quest, Os Raimundos,  Biquini Cavadão, O Rappa e Charlie Brown Jr e participou de grandes festivais como Piauí Pop e Ceará Music.

Nas redes sociais, amigos e familiares prestaram homenagens ao artista. 

 

Hérlon Moraes/Cidade Verde

Luzilândia - PI
Atualizado às 22h41
26°
Muitas nuvens Máxima: 31° - Mínima: 24°
28°

Sensação

8.1 km/h

Vento

91.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
Ouvidoria da PML
Municípios
Sabóia Clínica Popular
Últimas notícias
Kuriça Construções
Ortoface
Mais lidas
Maura Joias e Acessórios
Vidália Nutricionista
Anúncio