Anuncio
Vacina para Covid-19

Em live, governador diz que vacinação pode ocorrer em janeiro e agendada pelo celular

Uma das reivindicações dos governadores do País é que a vacinação ocorra por agendamento que pode ser feito pelo aparelho celular, pelo computador ou nos postos de saúde.

01/12/2020 15h22
Por: Edição Paula Andréas
Fonte: Cidade Verde
60

O governador Wellington Dias (PT) afirmou nesta terça-feira (1), em live, que cinco vacinas estão em fase de conclusão e que poderão ser disponibilizadas ainda em janeiro. Uma das reivindicações dos governadores do País é que a vacinação ocorra por agendamento que pode ser feito pelo aparelho celular, pelo computador ou nos postos de saúde. 

 As vacinas mais céleres, segundo o governador, são as da Oxford, Coronavac, Pfizer, Johnson & Johnson e Sputnik V.

“Essas vacinas temos uma chances muito grande, especialmente a Coronavac e AstraZeneca de ter a conclusão da terceira fase de testes”, disse ao governador se referindo as testagens em crianças, mulheres grávidas, em pessoas cardíacas, acima de 60 anos, para ser definida uma bula, que é fundamental para saber os efeitos colaterais. 

Segundo o governador, a conclusão dos testes é prevista para dezembro. “Temos chances reais de no mês de dezembro ter a conclusão desses testes”.

Ele informou ainda que uma das reivindicações do Fórum dos Governadores, que ele coordena, é que o governo federal adquira  à primeira vacina que estiver pronta e aprovada pela Anvisa. 

Outro pedido dos governadores foi de que a Anvisa tivesse um processo emergencial para autorização da vacina. Em processo normal levaria de oito meses a 10 meses, até dois anos, mas com a emergência agilizar o processo. 

“A Anvisa já acompanha na fase de testes e com isso tem uma expectativa muita positiva, estou bastante animado, se Deus quiser, que a gente concluía os testes em dezembro e em janeiro a gente ter as condições de aplicação da vacina. É isso que queremos e estamos tratando com o Ministério da Saúde”.

 

Agendamento via celular

O Fórum dos Governadores defendeu que a vacinação ocorra por agendamento em um sistema de controle nacional, que vai facilitar a segunda dose da vacina.

“O ideal é se o Brasil tiver uma política de agendamento. Cada pessoa poder pela internet, através da rede de atenção básica, através dos agentes de saúde, das equipes da Programa Saúde da Família, da rede hospitalar, mas principalmente pela internet, de forma mais pragmática, de casa, de seu celular, do seu tablete, do seu computador, poder fazer o agendamento”.

O agendamento segundo o governador, vai permitir que a cidadão saiba o dia, horário e local de vacinação. 

Casos da Covid-19 

Wellington Dias garantiu que os casos e os óbitos da covid-19 estão em queda, mas pediu que a população redobre atenção com uso de máscaras, o distanciamento e uso do álcool em gel. São mais de 127 mil casos confirmados e 2.634 mortes. Houveram queda em 68% em casos e redução de 37% em óbitos. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Luzilândia - PI
Atualizado às 01h11
24°
Pancada de chuva Máxima: 30° - Mínima: 23°
24°

Sensação

8.5 km/h

Vento

86.9%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Queimadas
Maura Joias e Acessórios
Últimas notícias
Ortoface
Mais lidas
Kurica