Anuncio
Coronavírus

Juiz determina medidas para atender moradores de rua durante quarentena em Teresina

A decisão determina que devem ser distribuídos alimentos para as pessoas em situação de rua e também água potável para consumo pessoal, em vários pontos da cidade.

27/03/2020 10h29
Por: Edição Paula Andréas
Fonte: G1
100
Moradores de rua em Teresina — Foto: Williams Neves de Sousa
Moradores de rua em Teresina — Foto: Williams Neves de Sousa

Foi deferido nesta quinta-feira (26) por meio do juiz Aderson Antônio Brito Nogueira, da 1ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública de Teresina, o pedido de liminar em ação civil pública e foi feita também a fixação de medidas que devem ser cumpridas pelo governo e pela prefeitura de Teresina para atendimento e proteção dos moradores de rua contra o coronavírus. No Piauí já são nove casos confirmados.

Segundo o juiz Aderson, com o fechamento do restaurante popular as pessoas em situação de rua que dependiam dele ficaram prejudicadas.

 

“Apesar da grave epidemia, não me parece proporcional nem razoável impor, a qualquer custo, a interdição ou fechamento de certos estabelecimentos que garantem um meio de subsistência aos moradores de rua. Em minha concepção, a Covid -19, por mais grave que seja, não justifica o sacrifício de uma classe social desfavorecida de recursos financeiros”, disse.

 

A decisão determina que devem ser distribuídos alimentos para as pessoas em situação de rua e também água potável para consumo pessoal, em vários pontos da cidade. Também foi determinado o fornecimento de abrigos para acolhimento da população vulnerável em condição de abandono e situação de rua, em locais arejados, que tenham espaços suficientes para serem alojados sem aglomeração. O Centro Pop também deverá ser reaberto, todos os dias da semana, nos três períodos, para facilitar o acesso a banhos e outras formas de higiene.

 

Foi determinada também a distribuição de equipamentos de proteção à saúde dos profissionais da assistência social e a ampliação do acesso aos benefícios assistenciais, nas suas respectivas competências, relativo a auxílio-funeral e aluguel social.

 

Governo sinaliza ajuda

Em coletiva realizada nesta quinta-feira (26) o governador Wellington Dias disse que já está cuidando do caso das pessoas de rua e que já autorizou salas para receber esses moradores, parcerias também estão sendo feitas para ampliar as condições de alojamento.

 

“Eu autorizei o aluguel para a Secretaria da Assistência Social de duas casas em Teresina e está sendo analisado em Parnaíba, Picos e Floriano, nos outros municípios de pessoas que vivem na rua, mas têm onde ficar no fim do dia”, disse.

 

 

Isolamento social e decretos de calamidade

 

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.

Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Escolas, universidades e a maior parte do comércio, assim como serviços públicos, suspenderam as atividades. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Luzilândia - PI
Atualizado às 13h21
33°
Pancada de chuva Máxima: 33° - Mínima: 25°
36°

Sensação

11.6 km/h

Vento

49.9%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Maura Joias e Acessórios
Últimas notícias
Ortoface
Mais lidas
Kurica