Anuncio
Retorno gradual?

Wellington Dias diz que, até segunda-feira, “não muda nada”

Governador esclarece que não há possibilidade de mudança, até reunião a ser realizada pelo Comitê de Organização de Emergência.

26/03/2020 18h56
Por: Edição Paula Andréas
Fonte: Oitomeia
38
Foto Divulgação
Foto Divulgação

Não é verdade que o Piauí deve voltar às suas atividades normalmente a partir da próxima terça-feira, dia 1º de abril. Uma mensagem de áudio com a voz do governador Wellington Dias, retirada de um trecho de uma entrevista que ele concedeu à Rádio CBN Teresina nesta quinta-feira (26/03), fez com que muita gente espalhasse que o Governo do Estado iria mandar as atividades comerciais serem retomadas na próxima semana.

O trecho da entrevista dizia o seguinte: “Onde vamos comprar luva? Vamos comprar! É possível fabricar? Melhor ainda! Já estamos fabricando máscaras e aventais… Se nós temos uma pessoa trabalhando na área da construção civil, bem protegida, ela pode funcionar do mesmo jeito do comércio. Assim como outras áreas, salão de beleza.. Se os profissionais estiverem bem protegidos, nos próximos dias nós teremos um retorno gradativo”.

Foi o suficiente para uma série de apostas de que tudo retornará ao normal em breve. No entanto, o próprio governador Wellington Dias soltou uma nota e gravou um vídeo negando que o comércio deve retornar. Ele esclareceu que, na verdade, não há decisão de reabrir o comércio. O que está previsto para esta data é uma nova reunião com o Comitê de Organização de Emergência (COE) para avaliar o resultado das medidas de contenção adotadas até o momento e definir novas ações para os próximos 15 dias, já que o decreto 18.884, que estabeleceu medidas de emergência no estado e suspende as aulas na rede estadual, vence nesta data.

Segundo a nota encaminhada pela assessoria do governador, “vale destacar que o decreto 18.902 de 23 de março, que suspende as atividades comerciais e de serviços no estado, continua vigente. Todas as medidas estão sendo tomadas e continuarão, até que a proliferação do vírus seja controlada e haja segurança para a saúde da população. Qualquer alteração nas medidas vigentes atualmente, serão discutidas e tomadas seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde e da equipe técnica da Secretaria de Estado da Saúde. O governador assegura ainda que as decisões também serão tomadas ouvindo representantes do setor empresarial, trabalhadores e municípios”.

Assista o que diz o governador:

 

Tocador de vídeo
 
 
00:00
 
01:35
 
 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Luzilândia - PI
Atualizado às 22h32
25°
Pancada de chuva Máxima: 32° - Mínima: 24°
25°

Sensação

9.1 km/h

Vento

87.2%

Umidade

Fonte: Climatempo
Dr. Saboia
Municípios
Maura Joias e Acessórios
Últimas notícias
Ortoface
Mais lidas
Kurica