Anuncio
Reduziu salários

Santa Quitéria MA: decreto pune professores e docentes entram em greve contra medida do governo

A Prefeitura Municipal não voltou atrás na publicação do decreto que reduz em mais de R$ 400,00 o salário dos docentes.

20/09/2019 12h48
Por: Edição Paula Andréas
425
Professores e Servidores da educação de Santa Quitéria/MA decretaram greve na ultima segunda-feira (16) contra a medida do Prefeito Noberto Moreira Rocha que lançou um decreto que baixa o salário dos servidores. A categoria avisou aos pais dos alunos, à gestão municipal, juiz de direito e promotor de justiça que a paralisação começará oficialmente nesta sexta-feira, dia 20, para que se cumpram às 72 horas, determinadas pela legislação, a partir do anúncio da greve.


 

 

 

O movimento de luta contra  as medidas tomadas pelo atual prefeito de Santa Quitéria começou se desenhar quando os professores tiveram acesso à publicação no diário oficial do município, sobre o decreto nº 016/2019, que reduz drasticamente os salários dos professores da carreira do magistério público municipal. O ato aguçou o sindicato da categoria a deliberar ainda em assembleia: o protesto contra o atraso nos pagamentos dos servidores técnicos operacionais e de apoio da educação (40% do Funde), ausência do pagamento de 1/3 de férias, não recomposição de 4,17% do piso do magistério, relocações de servidores da educação em outras secretárias com base no critério politico partidário e entre outros malefícios que está sendo propagado por um governo que não respeita o trabalhador.
Os trabalhadores da educação, conforme deliberada em assembleia, foram às ruas de Santa Quitéria para protestar contra várias inconsistências do executivo municipal e repudiar o decreto do prefeito Alberto Rocha, que fere veementemente um  direito inalienável, que é o salário do trabalhador.
 
Os servidores em assembleia resolveram paralisar as atividades a partir de sexta-feira (20), buscando sensibilizar o governo municipal. Num entanto a gestão até agora não se manifestou sobre o assunto.
A categoria espera que os direitos adquiridos a partir da luta de anos sejam respeitados!
 
Com informações do Portal AgroSantana
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Dr. Saboia
Blogs e colunas
Portal da beleza acessórios
Últimas notícias
Natalia Financeira
Mais lidas
Kurica