Anuncio
Investigação

Sem transporte para escola, estudante faz pedido a prefeito de Inhuma: “Não volte a se candidatar”

Prefeitura nega acusações e alega que estudante mora ao lado da escola, portanto não utiliza o transporte escolar. Caso está sendo apurado.

12/09/2019 18h34Atualizado há 4 dias
Por: Edição Paula Andréas
Fonte: O Dia
50

Um estudante do ensino público municipal da cidade de Inhuma, a 246 quilômetros de Teresina, fez um vídeo denunciando uma série de irregularidades no serviço de transporte escolar da cidade. Na gravação, que viralizou por meio de aplicativos de mensagem, o jovem está andando no sol, diz que está indo para a escola e critica a falta de um ônibus que pegue os alunos em suas casas e os levem para o colégio. Ele se identifica como estudante da Escola Municipal Dr. Ezequias Costa.

No vídeo, o aluno fala: “estou aqui pra falar mais uma vez sobre o carro da escola não estar vindo. Agora são 13h43min, saí de casa às 13h20min e olha a hora que estou chegando de a pé. Saí da casa da minha avó [...] Isso é a pior vergonha que tem nesse município [...] Não mandam um carro pra carregar aluno [...] Ó eu aqui sozinho, ó o sol, ó a quentura, você sabe o que é ter que pegar uma quentura dessa? [sic]”, o aluno dirige o final da fala ao prefeito da cidade, Silva Júnior.

Além de criticar a falta de um transporte escolar, o estudante também menciona atraso de salários de servidores públicos, sobretudo de professores e do próprio diretor da escola onde estuda. “É salário atrasado de professor e diretor, servidor público, todo mundo. Estou falando porque sou estudante e sei das coisas que acontecem aqui”, diz o aluno. O estudante encerra o vídeo falando em “humilhação” e “vergonha” pela situação da educação municipal de Inhuma.

A reportagem do Portal O Dia procurou o secretário de Educação do Município, Marcos Antônio Oliveira, e ele rebateu as críticas e relatos feitos pelo estudante no vídeo. O gestor disse já ter tomado conhecimento do teor da gravação, disse que sabe quem é o aluno e falou que, apesar de ter mencionado no vídeo, ele não é usuário do transporte escolar do municipal.

“Ele mora ao lado da escola, não sei qual o propósito. A Unidade Escolar Ezequias Costa é uma das melhores que temos no município, tem a melhor nota do Ideb nos anos iniciais, ultrapassando inclusive a meta de pontos que era 5,8. A escola possui um excelente quadro de funcionários, tem uma excelente estrutura física, reformamos recentemente os banheiros para a educação infantil. Eu realmente não entendo qual o propósito daquele vídeo”, rebateu o gestor. Ele negou também que haja funcionários com salários atrasados.

Com relação às críticas direcionadas ao transporte escolar, Marcos Antônio disse que a estrada onde o aluno gravou o vídeo é um acesso vicinal à escola Ezequias Costa por onde passam ônibus de transporte de alunos vindo de várias comunidades rurais, como Barrocão e Recanto. O gestor acrescentou ainda que, mensalmente, o Município de Inhuma recebe do Governo Federal a quantia de R$ 14.555,00 para destinar somente ao transporte escolar. 

“Esse recurso ainda é insuficiente, quase sempre a Prefeitura precisa completar para que o serviço continue funcionando. Temos aproximadamente 40 ônibus licitados e funcionando regularmente”, finaliza secretário.

Sobre o vídeo, o gestor disse que a Prefeitura está tomando as medidas cabíveis e que vai visitar a escola para conversar com pais e diretores e saber se há alguma irregularidade em seu funcionamento.

Por: Maria Clara Estrêla

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Luzilândia - PI
Atualizado às 04h28
25°
Poucas nuvens Máxima: 37° - Mínima: 24°
25°

Sensação

19.3 km/h

Vento

76.9%

Umidade

Fonte: Climatempo
Dr. Saboia
Blogs e colunas
Portal da beleza acessórios
Últimas notícias
Natalia Financeira
Mais lidas
Ponto do Açaí
Kurica