menu
Luzilândia Piauí | Whatsapp: 86 99956-1389
-
SERÃO APOIADAS PROPOSTAS DE ESTUDOS TEMÁTICOS, SISTEMATIZAÇÕES DE EXPERIÊNCIAS, INOVAÇÕES E BOAS PRÁTICAS, ALÉM DE VISITAS DE INTERCÂMBIO
CULTURA
CULTURA
SERÃO APOIADAS PROPOSTAS DE ESTUDOS TEMÁTICOS, SISTEMATIZAÇÕES DE EXPERIÊNCIAS, INOVAÇÕES E BOAS PRÁTICAS, ALÉM DE VISITAS DE INTERCÂMBIO
Postada em 16/09/2014 ás 11h49 - atualizada em 16/09/2014 ás 11h49
EDITAL INVESTE NA GESTÃO DO CONHECIMENTO COMO ESTRATÉGIA DE PROMOÇÃO DE DESENVOLVIMENTO RURAL NO SEMIÁRIDO
EDITAL INVESTE NA GESTÃO DO CONHECIMENTO COMO ESTRATÉGIA DE PROMOÇÃO DE DESENVOLVIMENTO RURAL NO SEMIÁRIDO

Capacidade de inovação, possibilidade de agregação de valor à agenda temática do desenvolvimento rural no Semiárido nordestino e possibilidade de replicação das experiências e inovações apresentadas. Esses são alguns pontos que merecem ser observados por aqueles que pretendem se inscrever no Edital de Apoio a Propostas de Gestão do Conhecimento em Zonas Semiáridas do Nordeste do Brasil, promovido pelo Programa Semear.


A primeira chamada para as inscrições se encerra no dia 29 de setembro e selecionará propostas para terem início a partir de dezembro deste ano. Quem optar pela segunda chamada, que vai de 30 deste mês a 1º de dezembro, vai aguardar até março, quando as propostas começarão a ser executadas.


Questionada sobre a importância da iniciativa para as regiões semiáridas do Nordeste, a coordenadora do Programa Semear, Ângela Brasileiro, diz: “O Edital cria oportunidades para o surgimento de temas e de novos contextos de atuação no Semiárido, além de oportunidades para a realização de intercâmbios de experiências inovadoras e de boas práticas, disponibilizando conhecimento para que outros atores rurais possam dele se beneficiar.”


O objetivo do Edital é facilitar o acesso da população rural a um conjunto de conhecimentos, experiências, inovações e boas práticas que contribuam para melhorar suas condições de vida, coexistir com as condições semiáridas e tirar maior proveito das possibilidades de desenvolvimento do Semiárido nordestino.


Serão apoiadas propostas com valor até R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) que se enquadrem nas categorias Estudos Temáticos, Sistematizações de Experiências, Inovações e Boas Práticas, além de Visitas de Intercâmbio, que contemplem, pelo menos, uma das seguintes áreas temáticas: Inovações produtivas e tecnológicas, Recursos naturais e adaptação às mudanças climáticas e, por fim, Negócios Rurais.


Podem participar pessoas e instituições de todo o Brasil, desde que a proposta contemple a área de atuação do Programa, sinalizada em documento anexo ao Edital.


O Edital de Apoio a Propostas de Gestão do Conhecimento em Zonas Semiáridas do Nordeste do Brasil é promovido pelo Programa Semear, iniciativa implementada em parceria pelo Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) com apoio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional (AECID).


Por que o Semiárido


No Semiárido nordestino, uma grande diversidade cultural, de saberes e de potencialidades divide espaço com as desigualdades sociais e a irregularidade pluviométrica. Para melhorar a vida na região, diversas experiências e tecnologias inovadoras têm sido criadas, ao longo das últimas décadas, por diferentes atores sociais alinhados com a perspectiva da convivência com o Semiárido.


Disseminar esses conhecimentos e aprendizagens é uma das premissas do Programa Semear, que busca somar forças para aumentar o número de pessoas impactadas positivamente por essas inovações e incrementar o rol de boas práticas para o desenvolvimento rural do Semiárido nordestino. Para tanto, o Semear trabalha a gestão do conhecimento de forma integrada em três áreas temáticas estratégicas: Inovações produtivas e tecnológicas; Recursos naturais e adaptação às mudanças climáticas; e Negócios rurais. Dentre as estratégias adotadas, está o fortalecimento de redes de colaboração e aprendizagem entre diversos atores sociais, favorecendo o diálogo e a ação conjunta e reduzindo a distância entre os conhecimentos científicos e os saberes locais.


Inscrições:
Acesse o edital e as informações complementares em: http://www.portalsemear.org.br/, na seção oportunidades.


leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete
Qual sua opinião sobre a atitude da Administração de Pintar parte da estrutura do monumento ao pescador com a cor azul?

Concordo
6 votos - 60.0%

Discordo
4 votos - 40.0%

Não quero. Não sei opinar
nenhum voto - 0%

facebook
twitter
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium