Quarta, 24 de abril de 2019
86 99956-1389
Piauí

11/04/2019 ás 09h30 - atualizada em 11/04/2019 ás 09h33

425

Edição Paula Andréas

Luzilândia / PI

Comando da PM-PI determina prisão de policiais militares acusados de tortura
PMs torturam preso em delegacia de Piripiri. Assista ao vídeo!
Comando da PM-PI determina prisão de policiais militares acusados de tortura
Montagem: FalaPiauí

O Comando da Polícia Militar determinou, nesta quinta-feira, a prisão administrativa de dois policiais militares acusados de tortura no Piauí. O Comandante Geral ao  tomar conhecimento do vídeo determinou ao Comandante do 12 Batalhão em Piripiri,  que apresentem os Policiais Militares na Corregedoria, Instauração do Inquérito Policial Militar, bem como decretou a prisão administrativa dos Policiais envolvidos no fato. 


Entenda o caso


Um vídeo que está sendo compartilhado em grupos de WhatsApp mostra dois policiais batendo no rosto de um rapaz, que se encontra imobilizado, de mãos atadas. Nas imagens é possível ver as agressões e tortura contra um detento. 


Um homem aparece sentado e aparentemente algemado. Na sequência, ele é agredido fisicamente com tapas no rosto e a popular agressão conhecida como "telefone", na qual, com as duas mãos em forma de concha, a vítima recebe tapas contra os dois ouvidos ao mesmo tempo. A técnica - que era usada na época da ditadura - é considerada brutal e pode romper os tímpanos provocando surdez permanente. 


Em alguns trechos, do vídeo, é possível perceber os PMs dizendo: "sustenta, menino. Tu não é ladrão", "Ladrão é assim, pô", "Ladrão quando é pego pela polícia é assim ou o ladrão quando pega um cidadão não faz é pior? Roubando o cidadão, chama de vagabundo"


O homem que aparece sendo agredido é suspeito de ter roubado uma motocicleta. 


O fato ocorreu na delegacia de Piripiri. 


Veja o vídeo:



NOTA  - Polícia Militar do Piauí


A Diretoria de Comunicação Social da Polícia Militar do Piauí informa que o Comandante Geral ao  tomar conhecimento do vídeo determinou ao Comandante do 12 Batalhão em Piripiri,  que apresentem os Policiais Militares na Corregedoria, Instauração do Inquérito Policial Militar, bem como decretou a prisão administrativa dos Policiais envolvidos no fato. 


Teresina, 11 de abril de 2019.


Elza Rodrigues Ferreira - TC Diretora de Comunicação Social da PMPI.


Fonte: FalaPiauí

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium