Anuncio
Outubro Rosa

Câncer de mama: como fazer o autoexame

O Dia Internacional contra o Câncer de Mama ocorre em 19 de outubro e tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a doença.

Clica Viver Bem

Clica Viver BemO novo canal de saúde, bem-estar e beleza do Clica Luzilândia.

19/10/2018 23h23
Por: Edição Paula Andréas
Fonte: Revista Galieleu

A detecção precoce é uma das principais formas de aumentar as chances de cura para o câncer de mama, que afeta cerca de 60 mil mulheres brasileiras por ano, segundo o Instituto Nacional do Câncer. Embora toda mulher com idades entre 50 e 69 anos deva fazer uma mamografia de rastreamento uma vez a cada dois anos, conforme recomenda a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde do Brasil, é importante que a mulher fique atenta a alterações suspeitas na mama — e, se houver, busque orientação médica, mesmo se tiver menos de 50 anos.

O autoexame pode ser feito uma vez por mês, todos os meses, entre três e dez dias após o aparecimento da menstruação, ou em uma data fixa para mulheres que não menstruam e homens (sim, o câncer também pode afetar homens).

Veja o passo a passo de como fazê-lo:

Idealmente, a avaliação deve ser feita em três momentos diferentes: em frente ao espelho, em pé e deitado.

Na frente do espelho
Sem roupas, observe os seios com os braços caídos, levantados e dobrados atrás do pescoço e com as mãos na bacia, pressionando-a para verificar se existe alteração na superfície da mama. É importante avaliar o tamanho, a forma e a cor, além de inchaços, saliências e rugosidades.

Em pé
A palpação das mamas deve ser feita durante o banho, com o corpo molhado e as mãos ensaboadas. Os dedos devem estar esticados e fazer movimentos circulares, de cima para baixo. Para cada lado, fazer o seguinte:

- Colocar o braço atrás da cabeça.
- Palpar a mama em movimentos circulares: primeiro no formato de círculos que começam no mamilo e crescem até cobrir o seio todo; depois em linhas retas em direção ao mamilo e por último em linhas retas para cima e para baixo.
- No fim da palpação, pressionar os mamilos suavemente e observar se existe saída de líquido.

Deitada
A palpação deitada é como a em pé. Se desejar ficar mais confortável, coloque uma almofada debaixo do ombro que estiver com o braço levantado. Os mesmos três passos de palpação acima devem ser feitos em cada mama nessa posição.

Possíveis sinais de câncer de mama (Foto: Wikimedia/Raphseck)
 
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários