Sexta, 19 de outubro de 2018
86 99956-1389
Entretenimento

10/10/2018 ás 20h24

28

Edição Paula Andréas

Luzilândia / PI

Léo Lins faz piadas ácidas sobre THE ao divulgar apresentação na cidade
O parceiro de Danilo Gentili fará apresentação no Teatro 4 de Setembro, em Teresina, no dia 18/10. Para divulgar o show, ele fez um vídeo onde tece comentários controversos sobre a cidade.
 Léo Lins faz piadas ácidas sobre THE ao divulgar apresentação na cidade

O “humor politicamente incorreto” parece ter tomado conta das redes sociais. Milhares de visualizações, likes e deslikes, comentários positivos e negativos são destinados a esse tipo de conteúdo todos os dias. A proposta do show promovido pelo humorista, Léo Lins, o Bullying Arte, é exatamente essa: causar a controvérsia em quem o assiste. O humorista provocará risos ou desconforto durante a apresentação que fará no Teatro 4 de Setembro, em Teresina, no dia 18/10?


“Se você não é da turma do ‘mimimi’, você é público que espero no Teatro”, é o que afirma Léo Lins em um vídeo que fez para divulgar a apresentação na cidade. O que acontece é que o humorista produz vídeos onde conta a história alternativa dos locais onde se apresenta, como Teresina, por exemplo. “A história de Teresina, segundo os seus moradores”, é como Léo nomeia a o vídeo que criou sobre a capital do Piauí.


No vídeo, ele faz pequenas piadas sobre diversos aspectos de Teresina. “Na voz do rio Poty, vivia tribo Poty e dentro do rio, a tribo coliforme fecal”, inicia a leitura. “O único local próprio para banho na cidade é Jockey Clube quando alaga”, afirma.


“Domingo Jorge Velho chegou no Piauí por volta de 1962 e foi seguindo em frente sem conseguir voltar porque o prefeito Firmino Filho retirou todos os retornos”, continua. “O bandeirante expulsou os índios da região que hoje moram em Timon”, diz Leo.


VEJA ABAIXO O VÍDEO EM QUE LEO FALA DE TERESINA:



Atualmente, o Nordeste convive com uma onda de ataques xenofóbicos na internet, o que desagrada muitos piauienses. Nesse contexto, existem limites para o humor? O argumento “É apenas uma piada” é válido? Quem ri está sendo cúmplice do comediante ou apenas revela os valores presentes na sociedade? Afinal, existem limites para o humor?


Fonte: Oitomeia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium