Sexta, 19 de outubro de 2018
86 99956-1389
Piauí

04/10/2018 ás 13h15

31

Edição Paula Andréas

Luzilândia / PI

Piauí registrou 630 casos de câncer de mama em 2017; saiba como prevenir
Campanha Outubro Rosa conscientiza sobre a doença que lidera os casos de cânceres entre mulheres.
Piauí registrou 630 casos de câncer de mama em 2017; saiba como prevenir

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) e o Ministério da Saúde (MS) estimam a ocorrência de cerca de 600 mil casos novos de câncer no Brasil em 2018. E o câncer de mama lidera o ranking de ocorrências entre as mulheres. No Piauí, em 2017, foram registrados 630 casos de câncer de mama, segundo dados da Fundação Maria Carvalho Santos. Nesse mesmo ano, 9.263 mamografias foram realizadas em Teresina através do SUS. Diante deste cenário, a campanha Outubro Rosa é desenvolvida com o objetivo de conscientizar as mulheres sobre a doença e a importância do autoexame.


A aposentada Socorro Passos conta que foi diagnosticada há quase 10 anos com a doença. Após passar por uma consulta em um hospital particular, onde foi diagnosticada, ela buscou a Fundação Maria Carvalho Santos, referência no apoio às mulheres com câncer de mama. Ela conta que fez biópsia e cirurgia. Depois, em uma segunda cirurgia, foi feita a reconstituição da mama.


“Eu fui fazer uma consulta médica e foi descoberto o câncer. Não é fácil. Eu me tranquei, não gostava de falar com ninguém e ela [a Fundação] me ajudou bastante. Meu braço não movimentava muito e eu tive medo. Quando a gente recebe a notícia, se pudesse, o chão abria e a gente entrava. Eu pensei que era o fim. Sou muito grata a todos que me ajudaram nesse período até agora. A gente se apega a Deus, à família, amigos e à Fundação”, relata.


Atualmente, Socorro faz a manutenção do tratamento e recebe a medicação pela Fundação Maria Carvalho Santos. Ela fala da importância do tratamento e de conscientizar a todos sobre o assunto. “A gente tem que procurar fazer a nossa parte, fazer os exames. Eu me preocupava mais com a minha família e deixei de lado a mim mesma [de ir ao médico]. A gente tem que procurar o quanto antes [fazer o acompanhamento]”, indica.



Segundo a Divisão de Pesquisa Populacional do Inca/MS, o câncer de mama está associado à longevidade, fatores reprodutivos e hormonais, inatividade física, obesidade e uso de álcool. Há também uma minoria de casos relacionados à história de câncer na família.


Doações


Por se tratar de uma entidade filantrópica, a Fundação Maria Carvalho Santos é mantida com recursos oriundos da contribuição de seus membros e associados e conta com o trabalho voluntário de pessoas que doam parte de seu tempo à colaboração com os assistidos.


Por isso, a Fundação aceita doações de pessoas físicas e/ou jurídicas que tenham interesse em colaborar com as ações desenvolvidas em prol das pessoas com câncer de mama. “A Fundação mantém aberta diariamente a sua sede, recebendo pessoas, cadastrando-as e fazendo doações aos necessitados de seus serviços ou que apenas queiram participar, voluntariamente, do trabalho por ela desenvolvido”, afirma Aline Freire, diretora de relações públicas da Fundação.


Fonte: ODia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium