Terça, 11 de dezembro de 2018
86 99956-1389
Piauí

07/08/2018 ás 09h09

141

Edição Paula Andréas

Luzilândia / PI

Só agora prefeitos do Piauí se sentem lesados por empresa que premiou jumento
Gestores são acusados de terem pago prêmio com recursos públicos.
Só agora prefeitos do Piauí se sentem lesados por empresa que premiou jumento

As Prefeituras de Picos e Campo Maior se manifestaram, nesta segunda-feira (06), sobre a reportagem do programa da TV Globo, ‘"Fantástico”, que tratou sobre o prêmio União Brasileira de Divulgação (UBD) concedido a gestores de todo o Brasil.


Segundo a reportagem, os gestores teriam pago para receber a tal a premiação da empresa. No caso, eles desembolsariam mais de mil reais pela “honraria", além dos custos com a viagem para recebê-la. E tudo isso utilizando recursos públicos. 


Por nota, a Prefeitura de Campo Maior disse que “não teve conhecimento ou qualquer participação em suposta compra de diploma com recurso público”. 



Prefeito Jose de Ribamar Carvalho, Professor Ribinha (Foto: Reprodução/ Facebook)


E destacou ainda que “o evento aconteceu com participação de prefeitos e autoridades de todo o Brasil em um Seminário em que foi discutido boas práticas administrativas e somente contou com a presença deste Prefeito  porque foi informado de que tratava-se de uma instituição com mais de 18 anos de experiência nesse tipo de certificação”.


Já o município de Picos , afirmou que “a gestão se sente lesada pelo instituto por ter correspondido e confiado nos critérios utilizados para avaliação”. Em nota, a prefeitura ressaltou que o prefeito Padre José Walmir de Lima foi notificado pelo segundo ano consecutivo como gestor nota 10, mas não participou do evento. 



Prefeito Padre José Walmir (Foto: reprodução)


As prefeituras informara ainda que estão tomando as devidas providências judiciais contra a empresa União Brasileira de Divulgação (UBD).


Confira as notas na íntegra:


Prefeitura de Campo Maior


Nota ao público


O prefeito Municipal de Campo Maior, Jose de Ribamar Carvalho, Professor Ribinha, indignado com os procedimentos de ação da organização denominada União Brasileira de Divulgação feita no programa jornalístico "Fantástico" neste 5 de agosto de 2018, dando conta de que a premiação denominada Gestão Nota dez não possui a indoneidade propalada, vem a público informar que não teve conhecimento ou qualquer participação em suposta compra de diploma com recurso público.


A bem da verdade o evento aconteceu com participação de prefeitos e autoridades de todo o Brasil em um Seminário em que foi discutido boas práticas administrativas e somente contou com a presença deste Prefeito porque foi informado de que tratava-se de uma instituição com mais de 18 anos de experiência nesse tipo de certificação.


O prefeito de Campo Maior Adotará providências no sentido de restabelecer a verdade sobre esse lamentável incidente, inclusive medidas judiciais compensadoras dos prejuízos da sua honra e imagem. 


Prefeitura de Picos


Nota de esclarecimento e repúdio quanto à fraude de premiação da UBD


A Prefeitura Municipal de Picos (PMP) se manifesta em relação à notícia veiculada pelo programa Fantástico a respeito da investigação do Ministério Público do Rio Grande do Sul sobre a União Brasileira de Divulgação (UBD) e a premiação dos 100 melhores prefeitos do Brasil. Esclarece que a administração municipal de Picos não teve participação nessa fraude, pelo contrário, a gestão se sente lesada pelo instituto por ter correspondido e confiado nos critérios utilizados para avaliação. Pelo segundo ano consecutivo, o prefeito Padre José Walmir de Lima recebeu a notificação do instituto sobre sua escolha como gestor nota 10 e foi informado sobre a premiação dos 100 melhores prefeitos do Norte e Nordeste, contudo, este ano, o gestor não participou. Em nenhum momento houve compra do título de gestor nota 10 pelo prefeito municipal. Assim, a PMP ressalta que, agora sob suspeita, a Procuradoria Geral do Município (PGM) acionará a UBD por vias judiciais para pedir esclarecimentos e reparos quanto aos danos à imagem e credibilidade da atual gestão, que foi posta em questão, atrelada a essa denúncia. Por fim, repudia a postura do instituto denunciado, que ludibriou a população com atos extremamente inaceitáveis.


Fonte: PortalAZ

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium