domingo, 21 de outubro de 2018
86 99956-1389
Política

02/08/2018 ás 21h31

73

Edição Paula Andréas

Luzilândia / PI

Rede e PV acertam indicação de Eduardo Jorge como candidato a vice na chapa de Marina Silva
x-deputado, Eduardo Jorge já foi filiado ao PT, disputou a Presidência pelo PV em 2014 e no segundo turno apoiou Aécio Neves. Convenção da Rede para oficializar Marina como candidata será no dia 4.
Rede e PV acertam indicação de Eduardo Jorge como candidato a vice na chapa de Marina Silva

Rede Sustentabilidade e o Partido Verde (PV) acertaram nesta quinta-feira (2) a indicação do ex-deputado Eduardo Jorge como candidato a vice-presidente da República na chapa de Marina Silva.





 



  • Ex-integrante do PT, assim como Marina Silva, Eduardo Jorge se candidatou ao Palácio do Planalto em 2014 pelo PV. No segundo turno daquele ano, apoiou Aécio Neves (PSDB).




Oficialmente, Marina Silva ainda é a pré-candidata da Rede à Presidência. Isso porque a convenção nacional do partido para confirmar a candidatura dela está marcada para o próximo sábado (4).









Marina Silva

?@MarinaSilva







 

Feliz por esta tão importante decisão. Obrigada @EduardoJorge43 e @partidoverde. 2018 chegou!













 



Conversas



 




Ao G1, o secretário de Comunicação do PV, José Carlos Lima da Costa, afirmou que representantes dos dois partidos tiveram várias conversas nos últimos dias para discutir o programa de governo.




Segundo ele, o PV tem preocupação "muito grande" com alguns temas "fundamentais", apresentados à Rede. "Defendemos acabar com o presidencialismo de coalizão", exemplificou.




Hoje, o Brasil adota o sistema presidencialista, no qual o presidente é o chefe de Estado e de governo.




Os presidentes eleitos, contudo, buscam o apoio de outros partidos no Congresso Nacional negociando, por exemplo, a liberação de cargos para as legendas, o que ficou conhecido como "presidencialismo de coalizão".






Convenção do PV



 




O PV fez a convenção nacional no último fim de semana, em Brasília.






O partido decidiu não ter candidato a presidente e, na ocasião, já informou que avaliava indicar o vice para a chapa de Marina Silva.


 


Fonte: g1





O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium