Sexta, 17 de agosto de 2018
86 99956-1389
Luzilândia

30/07/2018 ás 10h36 - atualizada em 31/07/2018 ás 18h16

2.915

Redação

Luzilândia / PI

Após um ano, comparsas em crime que foram ao velório da vítima são presos
De acordo com a investigação da Polícia, Darlene e Antônio, que seriam mentores do crime, conheciam a vítima, Francisco Oliveira e foram ao velório.
Após um ano, comparsas em crime que foram ao velório da vítima são presos

Policiais da Delegacia de Luzilândia e da 3ª Cia/12º BPM deram cumprimento aos mandados de prisão preventiva expedidos contra Darlene do Carmo Costa, vulgo Bola de Fogo, e Antônio José Garcia Nascimento, vulgo Salú, pelo envolvimento em um latrocínio, que culminou na morte do Senhor Francisco Oliveira Dias, de 60 anos, ocorrido em julho de 2016, na zona rural da cidade de Madeiro. O fato aconteceu após a vítima ter sacado dinheiro e sofrer uma emboscada.                  


De acordo com a Polícia, os dois presos vivem em uma união estável e eram próximos da vítima, tendo na época, inclusive, assistido o velório do Senhor Francisco.


Darlene foi colocada na cena do crime após o depoimento da testemunha, que afirmou que a mesma passou no local pouco antes da emboscada e não foi abordada pelo assassino. Após as investigações, foi constatado o envolvimento do casal como mentores do crime.


O caso ocorreu em julho  de 2016 e causou grande comoção em toda região, pela frieza do ocorrido. A vítima teria ido à cidade vizinha, acompanhado do neto de 12 anos, para sacar uma quantia em dinheiro. No retorno, sofreu uma emboscada  e acabou morto.


Na época, o autor do disparo, Cleiton dos Santos e Silva, de 25 anos, foi preso e confessou ter cometido o crime. Em depoimento o acusado alegou disparo acidental da arma, mas foi contraposto pela testemunha do caso. Ele hoje se encontra preso e esperando julgamento na Penitenciária de Esperantina.


Esse foi mais um crime elucidado pela Polícia Civil e Militar de Luzilândia, com a ajuda das denuncias anônimas  por parte da população. A atitude de denunciar surte efeito, a ajuda a polícia em seu trabalho e traz benefícios à sociedade.


Da Redação do Clica Luzilândia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium