Sexta, 17 de agosto de 2018
86 99956-1389
Entretenimento

23/07/2018 ás 19h56 - atualizada em 23/07/2018 ás 20h56

382

Redação

Luzilândia / PI

Cantor Cizinho, da banda Forró Bandido, morre de infarto em hospital
O artista lutava contra a obesidade e se preparava para fazer uma cirurgia bariátrica. Cizinho pesava 180 kg e era fumante.
Cantor Cizinho, da banda Forró Bandido, morre de infarto em hospital

Morreu na noite desta segunda-feira (23), em Teresina, o cantor Cizinho da banda Forró Bandido. Natural de Queimadas, na Paraíba, ele sofreu um infarto ao procurar atendimento médico no hospital do Monte Castelo.


O artista - de 45 anos - deu entrada no hospital sentindo fortes dores e sofreu um infarto fulminante, não resistindo antes mesmo de ser transferido para um hospital particular da capital. Ele foi diagnosticado com enfisema pulmonar.


O artista lutava contra a obesidade e se preparava para fazer uma cirurgia bariátrica. Cizinho pesava 180 kg e era fumante.


Segundo o hospital, Cizinho deu entrada por volta das 16h com insuficiência pulmonar. 


Cizinho tinha sido uma das atrações, na quinta, da Semana Cultural de Monsenhor Gil, e seria uma das atrações dos tradicionais festejos de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Demerval Lobão, que começou no último sábado.


O cantor é bastante conhecido da noite teresinense, além de ser destaque em vaquejadas e eventos realizados pelo interior do Estado. De acordo com informações obtidas pelo Cidadeverde.com, o cantor já apresentava problemas de saúde e, inclusive, seria submetido a uma cirurgia bariátrica nos próximos dias.


O produtor Arilson Rocha informou que os últimos shows foram realizados em Campo Maior e sábado em Jardim do Mulato. 


"Ele estava em casa na Vermelha e veio procurar o hospital, entrou caminhando e sofreu paradas cardíacas e os médicos  não conseguiram reanimá-lo". 


O cantor Saulo Du Gado, que estava no hospital, lamentou a morte do artista e disse ele deixa um legado para o forró do Piauí. Cizinho foi o primeiro vocalista da banda de Saulo.


"É uma perda irreparável. Ele começou comigo quando veio pro Piauí", disse Saulo bastante abalado.


Fonte: Cidadeverde

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium