domingo, 27 de maio de 2018
86 99956-1389
Educação

18/01/2018 ás 12h51 - atualizada em 18/01/2018 ás 12h56

121

Redação

Luzilândia / PI

Enem 2017 tem queda no total de alunos com nota mil na redação
Apenas 53 alunos tiraram nota mil na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017.
Enem 2017 tem queda no total de alunos com nota mil na redação

De acordo com o Ministério da Educação, o número representa uma queda no total, já que no ano anterior foram 77 notas máximas obtidas na prova. Apenas 53 alunos tiraram nota mil na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017.



As notas do Enem foram divulgadas pouco antes das 12h na página do participante: https://enem.inep.gov.br/participante/.



Das 4,72 milhões de redações corrigidas, 309.157 tiveram notas zero. A fuga ao tema da prova foi o motivo para zerar a redação. Em 2016, apenas 0,78% dos alunos cometeram este erro. Em 2017, o número subiu para 5,01%.



Apesar de haver menos “notas mil” em comparação com o Enem do ano anterior, em que 77 alunos tiraram a nota máxima na redação, o rendimento dos estudantes foi melhor. A nota média da redação passou de 541,9 para 558.



Maria Inês Fini, presidente do Inep, afirma que a fuga ao tema aumentou 5% em relação ao ano passado. "Não aumentou tanto", "é absolutamente normal."



Próximos passos: texto da redação e Sisu

O ministro da Educação, Mendonça Filho, afirma que, como a divulgação de hoje foi antecipada em um dia, a abertura do Sisu vai ser antecipada para de 23 a 26 de janeiro.



O ministro da Educação, Mendonça Filho, afirma que a antecipação do resultado tem o objetivo de "saciar a ansiedade" dos estudantes, "que nesta época não é pequena".



O espelho das redações sai no dia 19 de março. Neste mesmo dia, o Inep divulga o resultado dos alunos treineiros, que fizeram a prova sem validade para se candidatar a uma vaga no ensino superior.



Enem 2018: inscrições e datas das provas

O Enem 2018 será aplicado em 4 e 11 de novembro. O edital será publicado em 21 de março e as inscrições serão realizadas de 7 a 18 de maio.



Segurança do exame

O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse considerar o Enem 2017 como o “mais seguro e mais tranquilo da história”. “Não tivemos nenhuma intercorrência que possa dizer que tenha colocado em risco a segurança do exame”, declarou, ao mencionar novidades desta última edição, como a da realização da prova em dois domingos seguidos.



De acordo com o Inep, 205 candidatos desrespeitaram os direitos humanos no Enem. Uma decisão do Supremo Tribunal Federal garantiu que esse tipo de prova não seria anulada. Na prática, o aluno não zerou a redação, só perdeu pontos.



Ainda segundo o instituto, apenas 6,5% das redações receberam nota zero. Os motivos foram: fuga ao tema (5,01%), prova em branco (0,80%), texto insuficiente (0,33%), parte desconectada (0,17%), não atendimento ao tipo textual (0,11%), cópia do texto motivador (0,09%), outros motivos (0,03%).



A presidente do Inep preferiu não avaliar a queda do número de alunos que tiraram nota mil na redação. “Não se pode fazer esse tipo de comparação porque são grupos de estudantes totalmente diferentes. Não tem como comparar com Justiça.”



Ainda de acordo com a presidente, a alta na quantidade de candidatos que fugiram ao tema da prova não salta aos olhos. “Isso é absolutamente normal. Não é uma coisa que chama a atenção."



Fonte: G1


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium