Segunda, 10 de dezembro de 2018
86 99956-1389
Política

19/12/2017 ás 10h48

364

Edição Paula Andréas

Luzilândia / PI

Bono Vox é esperado para julgamento de Lula em Porto Alegre
o senador Roberto Requião (PMDB) afirmou que o cantor é esperado e deverá viajar ao Rio Grande do Sul para acompanhar o dia do julgamento.
Bono Vox é esperado para julgamento de Lula em Porto Alegre

Após virar um dos assuntos mais comentados nas redes sociais na noite desta segunda-feira (18), a suposta vinda de Bono Vox a Porto Alegre para ato em defesa de Lula durante o julgamento do petista no Tribunal Regional Federal (TRF) ainda não foi confirmada oficialmente. 



Porém, o senador Roberto Requião (PMDB) afirmou que o cantor é esperado e deverá viajar ao Rio Grande do Sul para acompanhar o dia do julgamento.



Requião disse que o vídeo repercutiu bem nas redes sociais e que "o pessoal está convidando" personalidades como o vocalista da banda U2 e o senador e ex-candidato presidencial norte-americano Bernie Sanders. O ex-presidente do Uruguai Pepe Mujica já teria confirmado presença, segundo peemedebista.



— O pessoal está convidando Bernie Sanders, o Bono Vox. O Mujica vem. Mas não sou eu que estou articulando isso. Lancei a ideia de um fórum pela democracia — afirmou Requião.



Perguntado sobre quem está articulando para convidar esses nomes para a manifestação em defesa do petista, o senador paranaense afirmou que diversas pessoas estão participando dessa mobilização:



— Todo mundo está articulando. Isso tem mil vertentes hoje.





Julgamento

O julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está marcado às 8h30min do dia 24 de janeiro de 2018. A apelação do petista é referente ao processo no qual foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.



A sentença é sobre o caso onde Lula foi considerado culpado pelo juiz Sergio Moro, 13ª Vara Federal de Curitiba, por ter recebido R$ 2,4 milhões em propina da construtora OAS: R$ 1,1 milhão na aquisição de um triplex no Guarujá, no litoral de São Paulo, e mais R$ 1,3 milhão na reforma e decoração do imóvel, tendo ocultado e dissimulado as vantagens indevidas. Em troca, teria direcionado à empreiteira contratos na Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar) e na Refinaria do Nordeste Abreu e Lima (RNEST). Além do tempo de reclusão, Lula foi condenado a pagar multa de R$ 669,7 mil. 



Fonte: Zero Hora


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium